Exibindo todos 4 resultados

Fique comigo

Finalista do Baileys Women’s Prize for Fiction, este romance de estreia inesquecível ambientado na Nigéria dá voz a marido e esposa enquanto eles contam a história de seu casamento — e as forças que ameaçam destruí-lo.

Yejide e Akin se apaixonaram na faculdade e logo se casaram. Apesar de muitos terem esperado que Akin tivesse várias esposas, ele e Yejide sempre concordaram que o marido não seria poligâmico. Porém, após quatro anos de casamento — e de se consultar com médicos especialistas em fertilidade e curandeiros, tomar chás estranhos e buscar outras curas improváveis —, Yejide não consegue engravidar. Ela está certa de que ainda há tempo, mas então a família do marido aparece na sua casa com uma jovem moça que eles apresentam como a segunda esposa de Akin. Furiosa, chocada e lívida de ciúmes, Yejide sabe que o único modo de salvar seu casamento é engravidar. O que, enfim, ela consegue — mas a um custo muito maior do que poderia ter imaginado.
Um romance eletrizante e de enorme poder emocional, Fique comigo não apenas debate as questões familiares da sociedade nigeriana, como também demostra com realismo as mazelas e as dificuldades políticas enfrentadas pela população desse país nos anos 1980. No entanto, acima de tudo, o livro faz a pergunta: o quanto estamos dispostos a sacrificar em nome da nossa família?

R$39,90

Histórias não (ou mal) contadas ; Escravidão, do ano mil ao Século XXI

VOCÊ SABIA QUE… 1,25 MILHÃO DE EUROPEUS BRANCOS  foram escravizados por corsários do norte da África, entre 1530 e 1780?    22 MILHÕES DE RUSSOS  viviam em condições análogas à escravidão até a abolição da servidão em 1861?    2,5 MILHÕES DE MULHERES  em todo o mundo são vítimas do tráficoe da exploração sexual, que envolve bilhões de dólares anualmente?    O PAI DE ALEXANDRE DUMAS,O AUTOR DE OS TRÊS MOSQUETEIROS,  era um celebrado general francês negro e filho de uma escrava?Quando o tema é escravidão, duas grandes inverdades são repetidas com frequência. A primeira é que ela tenha se restringido a uma determinada etnia; a segunda é que tenha acabado. Em Histórias não (ou mal) contadas: escravidão, do ano 1000 ao século XXI, o historiador Rodrigo Trespach revela ao leitor fatos pouco conhecidos sobre os múltiplos povos que foram e continuam sendo escravizados e explorados de diversas formas ao redor do mundo.Sempre com extensa pesquisa e linguagem clara e acessível, o autor faz uma leitura original da escravatura ao longo de mais de mil anos, trazendo à luz fatos históricos pouco conhecidos, como o papel das comunidades religiosas na dominação de vários povos, o casamento infantil e os 45 milhões de pessoas que, ainda hoje, são vítimas de algum tipo de escravidão, de ponta a ponta do globo terrestre.   

R$39,90

1565 : Enquanto o Brasil nascia

Este livro é a história dos inúmeros e improváveis personagens que, juntos, passaram por batalhas sangrentas, vitórias e reveses, episódios de sorte e coragem, e grandes aventuras para construir o Brasil nos dois primeiros séculos de colonização portuguesa. O jornalista Pedro Doria narra os eventos que culminaram na fundação do Rio de Janeiro, em 1565, passando pelo nascimento de São Paulo, anos antes, e costurando as histórias de portugueses, índios, franceses e africanos que, entre erros e acertos, inventaram um país.

R$34,90

Histórias não (ou mal) contadas : Revoltas, golpes e revoluções no Brasil

Tiradentes não foi um pobre coitado. D. Pedro I deu o primeiro golpe da história brasileira. Os africanos não aceitaram a escravidão passivamente e organizaram diversas revoltas em todo o país. Um golpe militar garantiu a democracia em 1955. São esses e outros relatos que compõem o novo livro de Rodrigo Trespach, Histórias não (ou mal) contadas: revoltas, golpes e revoluções no Brasil. Baseado em fontes primárias e vasta bibliografia, o historiador narra com linguagem acessível e cativante os lados ocultos dos golpes e revoluções que ajudaram a construir o país, desde a Independência ao impeachment de Dilma Rousseff. Este livro é um convite para que o leitor encare eventos e personagens nacionais de uma maneira que nunca viu antes – recheada de curiosidades e fatos surpreendentes.VOCÊ SABIA QUE, NA HISTÓRIA POLÍTICA DO BRASIL:A PRIMEIRA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE brasileira reuniu-se em uma antiga cadeia pública?O PRIMEIRO CHEFE DO EXECUTIVO DO PAÍS eleito por meio do voto foi um padre secular que combatia o celibato?A REPÚBLICA FOI PROCLAMADA ao som da Marselhesa, o hino da França?UM GOLPE MILITAR garantiu a democracia, em 1955?

R$39,90