Exibindo todos 2 resultados

1789 : A história de Tiradentes, contrabandistas, assassinos e poetas que sonharam a Independência do BrasilBruto e apaixonado

Você realmente conhece a história de Tiradentes e de seus companheiros inconfidentes?Minas Gerais no final do século XVIII era um lugar efervescente, selvagem e perigoso. Porém, muito mais perigosas que as rotas de contrabando de ouro e diamantes eram as ideias que pairavam na cabeça de jovens instruídos, movidos pelo sonho de democracia e igualdade que vinha da então nascente república da América do Norte.Passionais, malandros, corajosos e principalmente audaciosos, os inconfidentes mineiros são personagens extremamente cativantes, e são conduzidos nesse livro para longe do didatismo escolar. O leitor vai encontrar nessas páginas uma trama densa, cheia de suspense e reviravoltas impressionantes, além de entender como nomes comuns a nossa memória coletiva se deixaram corromper e lutaram pela construção do Brasil. Mais ou menos como conhecemos hoje em dia.

R$34,90

Histórias não (ou mal) contadas : Revoltas, golpes e revoluções no Brasil

Tiradentes não foi um pobre coitado. D. Pedro I deu o primeiro golpe da história brasileira. Os africanos não aceitaram a escravidão passivamente e organizaram diversas revoltas em todo o país. Um golpe militar garantiu a democracia em 1955. São esses e outros relatos que compõem o novo livro de Rodrigo Trespach, Histórias não (ou mal) contadas: revoltas, golpes e revoluções no Brasil. Baseado em fontes primárias e vasta bibliografia, o historiador narra com linguagem acessível e cativante os lados ocultos dos golpes e revoluções que ajudaram a construir o país, desde a Independência ao impeachment de Dilma Rousseff. Este livro é um convite para que o leitor encare eventos e personagens nacionais de uma maneira que nunca viu antes – recheada de curiosidades e fatos surpreendentes.VOCÊ SABIA QUE, NA HISTÓRIA POLÍTICA DO BRASIL:A PRIMEIRA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE brasileira reuniu-se em uma antiga cadeia pública?O PRIMEIRO CHEFE DO EXECUTIVO DO PAÍS eleito por meio do voto foi um padre secular que combatia o celibato?A REPÚBLICA FOI PROCLAMADA ao som da Marselhesa, o hino da França?UM GOLPE MILITAR garantiu a democracia, em 1955?

R$39,90