Exibindo todos 12 resultados

Ultra-aprendizado

O desafio de aprender uma nova habilidade é que sempre acreditamos conhecer o melhor método para isso, então repetimos rotinas ultrapassadas e resolvemos problemas de maneiras pouco eficazes. Para fugir desse padrão, Scott H. Young apresenta as estratégias que o ajudaram a aprender quatro idiomas em um ano e o currículo de ciência da computação do MIT em metade do tempo normalmente requerido. Sem se ater aos conceitos pré-definidos de aprendizado, Young introduz novos métodos de treinamento que o ajudarão a elevar seus níveis de retenção de conhecimento. Quer seu objetivo seja aprender um idioma – ou dez -, ou ter a habilidade de construir do zero um produto ou negócio prósperos, os princípios de Ultra-aprendizado irão guiá-lo ao sucesso.

R$44,90

O fim está sempre próximo

Tempos difíceis formam pessoas mais fortes? A humanidade consegue lidar com o poder das armas que fabrica sem destruir a si mesma? A tecnologia e a capacidade humanas terão picos de sucesso para depois entrar em decadência? Um ataque biológico global ou uma nova doença podem acabar com a vida na Terra? Alguns desses cenários parecem dignos de filmes de ficção científica, mas Dan Carlin sabe que, na realidade, o fim está sempre próximo. Com pontos de vista polêmicos e inusitados, o autor analisa épocas em que a humanidade quase foi varrida do planeta, apresentando uma forma de encarar os desafios do futuro ao trazer à tona um grande questionamento: podemos aprender com os erros dos nossos ancestrais ou estamos fadados a repeti-los e sofrermos da mesma sina — ou até com algo pior? Com a essência de um trabalho filosófico, Dan Carlin analisa como a fome, a praga, as guerras e outras calamidades afetaram a sociedade, questionando sobre a chance de elas acontecerem novamente. O autor utiliza uma abordagem inteligente, simples e acessível para falar sobre a história da humanidade, conectando o passado e o futuro de maneiras fascinantes. Ao mesmo tempo, suas perguntas geram uma reflexão a respeito de um elemento ainda mais importante, aquele que, desde o colapso da Idade do Bronze até os desafios da era nuclear, tem pairado sobre a sociedade:a sobrevivência humana.

R$49,90

Nosso planeta

Esta gloriosa celebração visual do mundo natural combina as fotografias extraordinárias da série com belíssimas ilustrações que trazem animais e plantas da terra e da água à vida de maneira envolvente e única. Descubra paisagens congeladas, densas florestas e vastos oceanos, e veja como esses biomas fascinantes se conectam para criar o único lugar que podemos chamar de casa – o nosso planeta. Este livro lindo vai inspirar e divertir crianças e sua mensagem de esperança ecoará em toda a família.

R$79,90

Cleópatra

O mundo de hoje não seria o mesmo sem Cleópatra: uma soberana culta, inteligente e dotada de extraordinária habilidade tanto na diplomacia quanto na guerra.
Uma mulher poderosa, incrivelmente moderna para a época e, ao mesmo tempo, capaz de causar enormes explosões amorosas. Mas quem foi realmente a última rainha do Egito?
Apesar de fazer parte do imaginário de todos, sua figura histórica ainda é pouco conhecida e conta com diversos episódios enigmáticos, uma vez que foram poucos os fatos que resistiram ao tempo e à destruição.
Alberto Angela decidiu não apenas reconstruir a vida de Cleópatra e seus habilidosos movimentos no xadrez internacional, mas também os amores e as paixões da rainha que, em certo sentido, conquistou Roma, rastreando fontes históricas, consultando estudos modernos e nos levando até as caóticas ruas da capital do mundo antigo, o cais do excêntrico porto de Alexandria e os sangrentos campos de batalha, encontrando pessoas, histórias e costumes. Com seu estilo inigualável, Alberto Angela nos faz reviver o período que marcou uma grande mudança na história de Roma, relatando o assassinato de Júlio César, que decreta o fim da República, a morte de Marco Antônio e de Cleópatra (cuja tumba nunca foi encontrada) e o nascimento do Império com Augusto no poder. Cleópatra — A rainha que desafiou Roma e conquistou a eternidade é uma viagem no tempo entre o Ocidente e Oriente, uma redescoberta da mulher sábia que conquistou seu lugar em uma era fascinante e agitada, repleta de contradições, intrigas, paixões e conflitos que marcaram nosso passado e ajudaram a formar a civilização como a conhecemos hoje.

R$59,90

A evolução improvável

A mente humana é repleta de contradições: trabalhamos muito para alcançar nossos objetivos, mas, quando o fazemos, a felicidade é fugaz se comparada aos nossos esforços. Desejamos que amigos triunfem, mas não conseguimos evitar a inveja caso obtenham sucesso demais. Ficamos horrorizados diante do pensamento de conhecidos sendo assassinados, mas não nos preocupamos quando soldados matam pessoas estranhas para nós. Reclamamos sobre o quão complicados chefes podem ser, mas frequentemente somos tão desagradáveis quanto eles quando estamos no comando. Essas inconsistências podem parecer irracionais, mas cada uma delas foi um efeito da evolução a fim de exercer uma função importantíssima em nossas vidas. Os aspectos mais fundamentais de nossa psicologia foram moldados para sempre pelo “salto social” dado por nossos ancestrais quando saíram da floresta e foram para a savana. Em meio às dificuldades para sobreviver em campos abertos, eles priorizaram o trabalho em equipe e a sociabilidade em vez de vantagens físicas, criando uma maneira inédita de pensar, que mudaria para sempre o lugar dos seres humanos no planeta. Em A evolução improvável, o psicólogo William von Hippel traça nossa história evolutiva para mostrar como eventos do passado distante continuam a influenciar nossas vidas hoje, desde por que exageramos até por que acreditamos em nossas próprias mentiras. Misturando antropologia, biologia, história e psicologia com ciência evolutiva, este livro é um inovador e provocativo olhar sobre o Homo sapiens que nos concede novas pistas sobre quem somos, por que fazemos o que fazemos e como podemos viver uma boa vida.

R$49,90

O inimigo do povo

Jim Acosta nunca quis ser a notícia. Como um repórter veterano, famoso por fazer perguntas difíceis e diretas, ele passou pela cobertura da corrida presidencial de Trump achando que já tinha visto de tudo. No entanto, enquanto Trump se preparava para assumir o cargo, o jornalista se encontrou em território inexplorado: estava relutante em tolerar os inúmeros ataques do novo presidente à imprensa e à emissora onde trabalha, a CNN. Em pouco tempo, ele estava no centro da guerra do presidente à mídia. O que começou durante a campanha e se estendeu até depois de Trump ser eleito tomou proporções drásticas durante os dois primeiros anos do governo, conforme as consequências de confrontar Trump e os perigos pessoais para os jornalistas que o desafiavam se tornavam cada dia mais extremos.
Em O inimigo do povo, Acosta revela pela primeira vez a história completa de sua experiência cobrindo a campanha de Trump e seus primeiros anos de governo, oferecendo um relato privilegiado da forma como o líder dos Estados Unidos utilizou a guerra à mídia para abalar a própria democracia norte-americana. Nos bastidores das grandes histórias e dos escândalos da administração de Trump, Acosta destrincha as mentiras ditas e vai além ao mostrar o verdadeiro custo da retórica que despertou as mais sinistras forças políticas do país. O repórter também retrata como é ser o correspondente mais odiado pelo presidente e por que diante de tantos ataques adotou uma estratégia controversa que o colocou em um enorme risco profissional e pessoal, se tornando um alvo para a vingança da Casa Branca.
Comentando entrevistas, transcrições, conflitos e discussões com algumas das figuras mais emblemáticas do governo americano — como Sean Spicer, Jared Kushner, Sarah Huckabee Sanders, Reince Priebus, Steve Bannon e Stephen Miller, apenas para nomear alguns —, o resultado é uma perturbadora e oportuna crônica sobre as dificuldades diárias de cobrar a Casa Branca a cumprir sua palavra e se responsabilizar por suas ações. Em um momento em que a hostilidade em relação à mídia atingiu níveis alarmantes e ameaças físicas a jornalistas estão se tornando cada vez mais comuns, este livro é um lembrete necessário de que os fatos importam, e que, mesmo sendo um momento perigoso para dizer a verdade, ela, hoje, é mais importante do que nunca.

R$54,90

O reformatório Nickel – vencedor do Prêmio Pulitzer 2020

Conforme o movimento pelos direitos civis alcança os negros de Frenchtown, na segregada Tallahassee, Elwood Curtis leva as palavras de Martin Luther King em seu coração: ele é “tão bom quanto qualquer outro”. Abandonado pelos pais, mas mantido na linha pela avó, Elwood está prestes a se matricular na faculdade para negros da região. Porém, para um garoto negro no Sul dos Estados Unidos no início dos anos 1960, um erro inocente é suficiente para destruir seu futuro. Ele é sentenciado a um reformatório chamado Nickel, que oficialmente diz promover “desenvolvimento físico, intelectual e moral” para que seus internos se tornem “homens honrosos e honestos”.
Na realidade, o reformatório Nickel é uma grotesca câmara de horrores onde os sádicos funcionários batem e abusam sexualmente dos estudantes, onde oficiais corruptos roubam comida e suprimentos e onde qualquer menino que se rebele corre o risco de desaparecer. Perplexo por se encontrar em um ambiente tão corrompido, Elwood tenta se apegar à ressonante afirmação de Martin Luther King: “Podem nos colocar na cadeia, e ainda amaremos vocês.” Seu amigo Turner, no entanto, pensa que ele é inocente demais, que o mundo é torto e que a única forma de sobreviver é fugir e evitar problemas.
A tensão entre os ideais de Elwood e o ceticismo de Turner os leva a uma decisão cuja repercussão vai ecoar por décadas. Eles têm duas opções: fugir ou acabarem no cemitério onde os outros meninos que tentaram fazer algo contra as autoridades do reformatório se encontram. Entre os detalhes desumanos e indizíveis das leis Jim Crow, que coloca os negros à mercê das decisões racistas dos brancos, o destino desses meninos será determinado pelo que eles aguentaram no Nickel.

R$54,90

Porque ética é mais importante que religião

Entramos em uma época marcada pelo conflito. Políticos pedem mais fronteiras, não inclusão. A desigualdade econômica impede a harmonia. Religião gera violência. Mesmo assim, a necessidade de união nunca foi mais urgente, já que as crises que a humanidade enfrenta são cada vez mais globais. Como seguir em frente?Nesse breve, mas profundo apelo ao mundo, sua santidade o Dalai Lama afirma que todos temos as sementes da paz dentro de nós, e delimita uma nova ética secular como a fundação de um mundo melhor. As respostas não virão das religiões, mas das pessoas abraçando a ética, que atravessa todas as diferenças. Provocando reflexões, o Dalai Lama se mostra como um humilde e notável homem do nosso tempo.

R$19,90

O livro de ouro das revoluções

De revoltas populares a golpes militares, de guerras civis a rebeliões políticas, as revoluções ao redor do mundo mudaram o rumo da história da humanidade. As revoluções foram chamadas de motores da história, derrubaram regimes e impérios seculares, trouxeram novas e poderosas ideias à linha de frente da política, criaram nações e fizeram o povo subir à ribalta pública pela primeira vez.A abordagem de Almond não só cobre as revoluções ‘clássicas’ da história, mas também analisa as contrarrevoluções, as ‘revoluções contra o progresso’ que desafiaram as presunções modernas em tempos recentes. Escrito em um estilo vívido e acessível, este livro é um tratamento contemporâneo a um tema clássico da história, de relevância crucial para o mundo moderno.

R$29,90

O livro de ouro da mitologia

Altares ruíram e templos se perderam nas areias do tempo, mas as religiões da Grécia e da Roma Antigas nunca despareceram por completo. Seu legado de mitos e heróis continua presente até hoje, e é o pilar da cultura ocidental. As histórias passadas de geração a geração há milênios, que hoje são peças-chave das mais populares e consagradas obras de diversas formas de arte estão reunidas aqui, sob as bênçãos de Zeus.As mais cativantes narrativas que a mente humana já criou transportam o leitor para terras onde fatos incríveis acontecem – onde belas ninfas e corajosos heróis veem seus destinos nas mãos de caprichosos deuses e criaturas fantásticas ganham vida.

R$34,90

Dunkirk

Trezentos mil homens das forças aliadas cercados pelo exército alemão. A batalha já está perdida. Quantos podem sonhar em voltar para casa?
Maio, 1940. O exército alemão estrategicamente avança pela Floresta das Ardenas, uma região francesa de colinas montanhosas, em direção ao norte, e também conquista os Países Baixos, ao Leste. Os exércitos aliados da Grã-Bretanha e França estão cercados. A única alternativa possível para evitar uma verdadeira catástrofe é evacuar as forças aliadas imediatamente. Soldados, marinheiros, políticos e generais são convocados para a Operação Dínamo, na tentativa de resgatar o maior número possível de homens. Navios, contratorpedeiros, aviões e bombas voam sobre a praia de Dunkirk. Cinco nações resolvem se unir. Ninguém quer ser deixado para trás. Outras operações são criadas, mas o tempo é muito curto quando se trata de tantas vidas.
Um drama real, muito além de histórias pessoais ou do relato de um único país em perigo: a retirada de Dunkirk ganha uma nova perspectiva, sob o olhar do diretor Christopher Nolan e do autor premiado Joshua Levine.
“Fascinante.” Sunday Times
“Um retrato próximo de um momento trágico e traumático, transmitido para a nossa época pelas palavras dos que vivenciaram essa experiência. ” Sunday Telegraph

R$29,90

The Underground Railroad

Vencedor do Pulitzer 2017″Você não vai conseguir parar de ler.”Oprah Winfrey”Um dos livros mais aguardados do ano.”The Washington Post”Quase alucinatório, com ecos de Amada, de Toni Morrison, Os miseráveis, de Victor Hugo, O homem invisível, de Ralph Ellison, e pinceladas emprestadas de Jorge Luis Borges, Franz Kafka e Jonathan Swift.”The New York TimesCora não consegue imaginar o mundo que há além da fazenda de algodão – e nem poderia. Das poucas coisas que lhe era permitido saber, ela sabia que a Geórgia não era um estado amigável para fujões. As cores do sangue derramado e o som dos gritos dos escravos eram claros na sua mente, e seus sonhos eram habitados pela angústia de suas companheiras de senzala. Em uma alma sedenta por liberdade, qualquer convite para ver o mundo além das cercas parece uma fonte cristalina. Cora não sabia dos segredos que se escondiam nas veias de seu país. Até que Caesar, um jovem escravo, contou-lhe sobre a ferrovia subterrânea que os levaria até os Estados Livres, onde não há mais escravidão. Cora terá que atravessar os Estados Unidos e enfrentar terríveis desaventuras. Mas nada pode conter sua coragem para transgredir as condições que lhe foram impostas – ela fará de tudo para ser livre.

R$29,90